22 março 2013

I Became Better




Capitulo 2
Chegámos lá uns segundos mais cedo que eles e assim que o Edward saiu do carro dei-lhe um sorriso vitorioso.
- Tiveste sorte. – Falou percebendo o que eu pensava.
- Continua a pensar assim e vais continuar iludido.
Abri a porta da nossa enorme casa e entrei primeiro, deixando a porta aberta para eles entrarem.
Pousei a minha pasta e fui até à cozinha para preparar um lanche para todos. Pronto, eu vou ser sincera, não fui eu que preparei o lanche, apenas fiquei a dar ordens á empregada.
Assim que ela terminou foi pousar o tabuleiro na mesa da sala de estar, onde estavam o Edward em pé, a Alice ao lado do meu irmão num sofá e, a Bella ao lado do Emmett.
- O lanche está servido. – Anunciei.
A empregada saiu e nós começámos a comer e a falar e a rir. Cruzei as pernas e encostei-me na cadeira.
Será que ele está a fazer algum jogo para eu me apaixonar? (como se isso fosse possível) ou ele tem outra na cabeça?
- Então Emmett, porque não falas sobre ti?
- Bem não há muito para falar. - Disse ele indiferente.
Mexi no cabelo e mordi os lábios.
- A sempre algo a contar.
- Mas no meu caso não tipo eu não sou interessante.
- O Emmett e demasiado modesto, não ligues Rose. - Entreviu a Bella.
- Okay tudo bem. – Disse.
Os rapazes levantaram-se e for jogar.
- Vamos vê-los? - Perguntou a Lice.
- Olha, eu estou dentro. - Respondeu a Bella.
- Sim porque não vamos lá. - Disse levantando-me da cadeira.
Caminhamos para la
Quando chegámos à beira deles parecia que estávamos em Dezembro no Brasil que até me subiram os calores à cabeça ao ver o Irmão da Bella sem camisola a mandar a bola ao cesto
Sentei-me numa das cadeiras do jardim e fiquei a observar o jogo.
Eu não podia estar assim por um rapaz nunca tinha estado antes assim
Olhei para a Bella que se babava pelo Edward.
- Quando e que vais dar o primeiro passo? - Perguntei-lhe.
- Hã? De que estás a falar? - Perguntou ainda vidrada nele.
Revirei os olhos.
- Nota-se a distância Bells. - Falou a Alice.
- Ele nem sabe que eu existo. - Disse sem nunca tirar os olhos de cima dele.
- Bella, ele também se baba por ti. - Disse.
- Não baba nada.
- Baba sim, queres ver? - Disse e pisquei-lhe o olho. - Então Bella e já respondes-te à proposta do Mike? - Perguntei-lhe com a voz elevada para o Edward ouvir.
Ele que ia marcar um cesto ao ouvir-me ele até tropeçou. Ela ficou vermelha e eu tive de me rir.
Ele fingiu que não se tinha passado nada e continuou o jogo
- És malvada. - Resmungou.
- Eu não minha querida amiga apenas quis provar-te a minha teoria.
Voltei a rir-me e ela ficou ainda mais vermelha.
- Então e tu Rose? - Perguntou a Alice com um sorriso maroto no rosto.
- Sem interesses de momento.
- De certeza? - Voltou ela a insistir
- Sim. - Disse e mudei de assunto - E tu e o meu maninho?
- Tamos bem, porque perguntas?
- Quando é que um dos meninos vai dar o primeiro passo?
- Que queres dizer eu...bem...ele não gosta de mim sem ser por amizade. - Respondeu
- Sim, e eu sou ruiva.
- Oh mas é verdade. - Disse ela com um olhar triste com aquela afirmação.
- Até eu reparo Lice. - Disse a Bella
- Até tu reparas no quê Bells?
- Os olhinhos que fazes ali ao loirinho. – Sussurrou ela.
- Ei, ele é meu irmão.
A Alice começava a ficar corada, e eu sorri.
- Vocês não são deste mundo. – Falei. – Têm dois rapazes aos vossos pés e não se apercebem. – Abanei a cabeça.
A Alice saltou para a minha frente com um sorriso no rosto.
- Ele disse-te alguma coisa?
- Para quem não se interessa. – Falei e depois respondi. – Isso agora…Pergunta-lhe.
- Eu não tenho coragem de lhe perguntar coisa dessas e se ele estiver só a dar-me tanga?
 Que melodramática.
- Mas não está, e mesmo se estivesse se eu descobrisse sabes muito bem que eu ia-lhe à cara, e tu sabias logo.
Ela sorriu e voltou a sentar-se, os rapazes vieram para a nossa mesa. Completamente suados e com um sorriso no rosto.
- Que nojo. – Resmunguei. – Tomem um banho.
- E a roupa para vestirmos? – Resmungou o Edward.
- Ela quer que a gente ande por ai nus. – Gozou o Emmett.
- Por amor de deus. – Falei. – A roupa do meu pai serve-te Emmett, e Edward tens um corpo idêntico ao do Jazz aposto que a roupa dele te serve.
- Para mim serve. - Disse o Emmett.
- Okay pode ser. - Disse o Edward.
- Então vamos lá. - Respondeu o Jasper.
Eles entraram dentro de casa e eu tive uma ideia brilhante.
- Querem ir para a piscina?
- Está muito frio. – Disse a Bella.
- Nós temos uma lá dentro. – Falei.
- Vamos embora, estamos à espera de quê? - Disse a Alice toda empolgada.
Subimos para o meu quarto e, eu de má vontade emprestei-lhes dos meus bikinis.
Assim que ficámos prontas fomos para a piscina e a Lice saltou logo lá para dentro. Sentei-me na borda apenas com os pés dentro da água morna.
De repente alguém empurra-me e logo a seguir a Bella parou à minha beira dentro de água.
Olhei e vi o Edward com um sorriso maroto nos lábios, como eu odeio aquele tipo!
- Eu vou-te matar Edward Cullen! – Rosnei.
Tirei os cabelos louros da frente do meu rosto e saí da piscina. Comecei a correr atrás dele à volta da piscina e acabei por escorregar mas fui apanhada por uns braços fortes e musculosos.
- Obrigado. – Agradeci, afastando-me dele.
Olhei para o Emmett, sim foi ele que me salvou, e este olhava para mim com cara de parvo. Sorri em pensamento. Boa!
- Não tens de quê. – Respondeu.
Andei lentamente de volta a piscina e sentei-me novamente na sua borda





Sem comentários:

Enviar um comentário

O mais simples dos comentários, dá força á autora para continuar a historia por mais um capitulo e com cada vez mais entusiasmo.
Só demora 1 minuto (e não faz o dedinho cair!) e alegra o nosso lindo e fraco coração = ) Se leu comente!
#Os insultos serão imediatemente eliminados#